Nos últimos meses, fomos obrigados a diminuir o ritmo e ficar mais em casa. O que a gente não imaginava é que essa nova realidade ia despertar a necessidade de estar em contato com a natureza e com o verde. E com isso, o mercado de jardinagem cresceu, surgiram novos produtos, novos apreciadores e muitas dúvidas.

E com o objetivo de sanar algumas dúvidas e ajudar os principiantes de plantão trouxemos algumas dicas de utilização para os vasos de jardinagem.

Primeira dica importante…você sabe diferenciar o que é Vaso e o que é Cachepot?

Vaso é aquele recipiente onde existe um “furo” no fundo. Esse orifício tem a função de escoar a água excedente da rega e não encharcar a raiz das plantas, o que pode prejudicá-las.

Já o Cachepot não possui este “furo”. Por isso, ele não é indicado para plantar diretamente no recipiente. Seu melhor uso é como um item decorativo, recebendo um vaso plástico simples dentro dele.

Cada material é indicado para um tipo de ambiente. Essa é uma questão a ser avaliada quando você adquirir um vaso de jardinagem. Preste atenção na descrição do material que é feito. Vamos citar aqui dois exemplos clássicos e que sempre confundem muitas pessoas.

Quando usar o Vaso Plástico e quando usar o Vaso de Barro?

Existem diferenças fundamentais nestes dois produtos que podem definir o sucesso ou o insucesso do desenvolvimento das suas plantas. E são elas:

Vaso de Plástico

– Mantém a umidade da planta;

– Menor frequência da rega;

– Mais leves, ou seja, mais fácil de transportar;

– Resistentes e aguentam as intempéries;

– Mais fácil de desinformar e replantar;

– Indicado para locais de sombra ou meia sombra;

– Maior variação de modelos, formatos e cores;

– Pode ser reciclado.

Vaso de Barro

Retira a umidade da planta por conta da porosidade do barro;

– Maior frequência de rega;

– Mais pesados, difíceis de transportar;

– Permite que os sais e nutrientes em excesso saiam pela parede do vaso;

– Indicado para locais de meia sombra e pleno sol;

– Produto Natural, com visual mais rústico.

Importante lembrar que as características dos vasos de barro só são válidas se o recipiente não for pintado e/ou impermeabilizado. Uma vez que o vaso de barro passe por modificações em suas paredes, o mesmo vai se comportar como um vaso de plástico.

E aí, gostou das dicas? Com essas informações acreditamos que será bem mais fácil definir qual produto escolher para garantir a saúde e o sucesso das suas plantas. E caso opte pelos vasos plásticos, acesse nosso catálogo e conheça a extensa linha de jardinagem JAPI, com modelos exclusivos, variedade de cores e texturas realistas inspiradas nos elementos naturais.

 

Tem mais dúvidas? Mande pra gente, teremos um enorme prazer em ajudar o seu mundo a ser mais verde.

 

Abraços

Equipe de Jardinagem JAPI

 

 

Siga nossas redes sociais