A dúvida mais frequente na hora criar um jardim em casa é: como escolher o tamanho do vaso para cada tipo de planta?

Parece complicado, mas não é! Confira as dicas que a Japi separou para tornar essa tarefa mais simples e prazerosa. 

 

Conheça o tipo de planta que será cultivada

É importante saber o porte que ela vai atingir, se ela será mais robusta ou não e, principalmente, se atentar ao tamanho da raiz. Afinal, quanto maior a raiz, mais longo precisa ser o vaso.

Além disso, é importante se atentar às necessidades da planta, ou seja, qual é a quantidade de água e espaço exigido para o seu desenvolvimento e para que ela cresça de maneira saudável. 

 

Plantas pequenas, médias ou grandes

As plantas menores com raízes pequenas podem ficar em vasos com um tamanho de, em média, 20 cm de diâmetro. Alguns exemplos são: Suculentas, Arturius, Azaléias, Begônias, Amor-Perfeito, Lírio da Paz e temperos, como manjericão, cebolinha e hortelã.

No caso de plantas de porte médio, como a Espada-de-São-Jorge, vasos que tenham aproximadamente 40 cm de diâmetro são suficientes. 

Já para as plantas de grande porte, como Palmeiras, Jiboias, Filodendros e plantas frutíferas, os vasos devem ter pelo menos 50 cm, levando em consideração que eles terão que acomodar uma quantidade maior de terra.

 

Harmonizar também é importante

Por fim, mas não menos importante, a estética também precisa ser valorizada. Isso significa que o formato e a disposição do vaso devem combinar com a planta e com o espaço onde ele ficará, a fim de criar um ambiente agradável e visualmente bonito. 

Gostou? Conheça a linha de vasos da JAPI e conte com a gente para tornar o seu mundo mais verde!

Siga nossas redes sociais:

Instagram: @japi.br
Facebook: @japi.br
LinkedIn: /japibr